sábado, 20 de fevereiro de 2010

Radamés Gnattali

Radamés Gnattali
(Porto Alegre, 27 de janeiro de 1906/Rio de Janeiro, 13 de fevereiro de 1988)
Foi um arranjador, compositor, e instrumentista Brasileiro
*
Estudou com Guilherme Fontainha no Conservatório de Porto Alegre; na Escola Nacional de Música, com Agnelo França.
Terminou o curso de piano em 1924 e fez concertos em várias capitais brasileiras, viajando também como violista do Quarteto Oswald, desde então passou a estudar composição e orquestração.
*
Em 1939 substituiu Pixinguinha como arranjador da gravadora Victor.
Durante trinta anos trabalhou como arranjador na Rádio Nacional.
Foi o autor da parte orquestral de gravações célebres como a do cantor Orlando Silva para a música Carinhoso, de Pixinguinha e João de Barro, ou ainda da famosa gravação original de Aquarela do Brasil (Ary Barroso) ou de Copacabana (Peri Ribeiro) - esta última imortalizada na voz de Dick Farney
.
Radamés e Raphael Rabello
.
Na década de 70, Radamés foi teve influência na composição de choros, incentivando jovens instrumentistas como Raphael Rabello, Joel Nascimento e Mauricio Carrilho, e para a formação de grupos de choro como o Camerata Carioca.
Também compôs obras importantes para o violão, Orquestra, concerto para piano e uma variedade de choros
.
Foi parceiro de Tom Jobim.
No seu círculo de amizades Tom Jobim, Cartola, Heitor Villa-Lobos, Pixinguinha, Donga, João da Baiana, Francisco Mignone, Lorenzo Fernandez e Camargo Guarnieri
.
É autor do hino do Estado de Mato Grosso do Sul
a peça foi escolhida em concurso público nacional
.Em 2007 foi gravado um CD duplo com composições de Gnatalli com patrocínio da Petrobras, Retratos de Radamés com os violonistas Edelton Gloeden e Paulo Porto Alegre.

Nenhum comentário: