domingo, 14 de fevereiro de 2010

Tião Carreiro e Pardinho

Tião Carreiro - Pardinho
.
Tião Carreiro foi criado numa fazenda nos arredores de Araçatuba, Interior do estado de São Paulo, começou a tocar violão ainda pequeno, com 8 anos de idade, quando também já cuidava do arado e dos afazeres na roça
Aprendeu a tocar viola caipira na adolescência, praticamente sozinho, sem nunca ter tido um professor.
Isto porque em 1950, com apenas 13 anos, Tião trabalhava no Circo Giglio, onde já cantava em dupla com seu primo Waldomiro da dupla Palmeirinha & Coqueirinho.
O dono do circo dizia que "dupla de violeiros tinha que tocar viola" enquanto que na época, Tião tocava violão.

No mesmo ano, o mesmo circo apresentava em Araçatuba a dupla Tonico & Tinoco.
E enquanto os irmãos estavam no hotel, Tinoco havia deixado sua viola no circo e Tião aproveitou para "decorar a afinação escondido".
Tião Carreiro cantou em diversas duplas, tendo adotado diferentes nomes artísticos.
Suas parcerias mais famosas foram com Antônio Henrique de Lima (o Pardinho) e Adauto Ezequiel (o Carreirinho, Falecido em 2009 e foi o Professor de Tião Carreiro).
Alcançou sucesso ao formar dupla com Pardinho, e foi o inventor do pagode de viola termo muito conhecido entre os violeiros.
Dentre os maiores sucessos de Tião Carreiro temos:
Pagode em Brasília, que foi o primeiro pagode, criado juntamente com Lourival dos Santos, em 1959,
Boi Soberano, Filhinho de Papai, Cochilou Cachimbo Cai entre outros.
A discografia de Tião Carreiro soma mais de 45 discos

*

Pardinho nasceu em São Carlos na Fazenda São Joaquim.
Logo depois, se mudou para a Fazenda Figueira Branca.
"Na época da colheita do café havia muita festa e na fazenda Figueira Branca meu pai ganhou um cavaquinho, com 12 anos mais ou menos", contou Carlos Henrique seu filho.

O filho do ilustre músico lembra também que o pai sempre dizia que São Carlos precisava valorizar a música raiz.
"Ele dizia que o interior de São Paulo precisava valorizar mais essa música".
Embora tenha se mudado muito jovem de São Carlos, entre 13 e 14 anos, Pardinho sempre visitava a cidade no dia 15 de agosto, pois era devoto de Nossa Senhora Aparecida da Babilônia.
Na noite de 14 de agosto de 2007 dia em que completaria 75 anos, Antonio Henrique de Lima, o músico Pardinho, foi homenageado com a inauguração de um Parque que leva seu nome.
Um show com apresentações de 15 duplas de viola e do músico Mazinho Quevedo ao lado de Carlos Henrique, filho de Pardinho, com apoio da EPTV Central marcou o evento São-carlense.
Pardinho é reconhecido como um dos maiores músicos do país.
No parque, localizado no início da serra da Cidade Aracy, no bairro Monte Carlo, foi erguido um monumento em homenagem ao músico
São Carlos rendeu homenagens a um de seus filhos mais ilustres ao inaugurar um parque que leva o nome de "Antônio Henrique de Lima – Pardinho".
Para seu filho e para a família, a inauguração de um
parque com o nome do pai é uma das maiores homenagens que Pardinho recebeu.
O prefeito Newton Lima Neto demonstrou muita emoção durante o evento. "Vivo em São Carlos há 30 anos e somente fiquei sabendo que o Pardinho era da cidade no ano passado", confessou. "Por isso determinei imediatamente que nossa equipe fizesse uma homenagem a esse músico que encantou muitos Brasileiros".
Mais de três mil pessoas prestigiaram o evento, cuja data foi escolhida cuidadosamente, já que dia 14 de agosto era o dia de aniversário de "Pardinho".

Nenhum comentário: