quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Agonia bandolins

Se fosse resolver iria te dizer foi minha agonia
Se eu tentasse entender por mais que eu me esforçasse eu não conseguiria
E aqui no coração eu sei que vou morrer
Um pouco a cada dia
E sem que se perceba
A gente se encontra
Pra uma outra folia
Eu vou pensar que é festa
Vou dançar, cantaré minha garantia
E vou contagiar diversos corações com minha euforia
E a amargura e o tempo vão deixar meu corpo, minha alma vazia
E sem que se perceba a gente se encontra pra uma outra folia
.
Agonia
Composição: Oswaldo Montenegro e Mongol

.
Como fosse um par que
Nessa valsa triste
Se desenvolvesse
Ao som dos Bandolins...
.
E como não?
E por que não dizer
Que o mundo respirava mais
Se ela apertava assim
Seu colo como
Se não fosse um tempo
Em que já fosse impróprio
Se dançar assim
.
Ela teimou e enfrentou
O mundo
Se rodopiando ao som
Dos bandolins...
.
Como fosse um lar
Seu corpo a valsa triste
Iluminava e a noite
Caminhava assim
.
E como um par
O vento e a madrugada
Iluminavam a fada
Do meu botequim...
.
Valsando como valsa
Uma criança
Que entra na roda
A noite tá no fim
.
Ela valsando
Só na madrugada
Se julgando amada
Ao som dos Bandolins...
.

Bandolins
Composição: Oswaldo Montenegro
.
A pedido de uma menina que é um doce de pessoa
Katya Carvalho Beijo !

Nenhum comentário: