sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Nada será como antes...


Por Toda Minha VidaTom Jobim
.
Minha bem amada
Quero fazer de um juramento uma canção
Eu prometo, por toda a minha vida
Ser somente teu e amar-te como nunca
Ninguém jamais amou, ninguém
Minha bem amada
Estrela pura, aparecida
Eu te amo e te proclamo
O meu amor, o meu amor
Maior que tudo quanto existe
.
Porque ela me trouxe um amor que antes nunca ouve aqui dentro

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Esperanza Spalding

Esperanza Spalding
(Portland, Oregon 8 de outubro de 1984)
É uma contrabaixista e cantora de jazz.
.
Eu sei o blog não costuma postar discos atuais assim, mas abro uma exceção pela semana de 1 Ano do blog, e também o disco em questão é de uma moça que é excelente artista. Eu gostei muito desse disco que de inicio ela canta Ponta de Areia do Milton Nascimento, e “faz bonito” não é pra qual quer um.
.
o disco
Esperanza Spalding - Esperanza
Baixe Aqui
.
Esperanza canta em inglês, espanhol e português. Tocou acompanhada por grandes nomes do jazz, como Pat Metheny, Joe Lovano, Michel Camilo e Donald Harrinson. Foi mencionada pela revista Down Beaty como "a melhor baixista em ascensão". Compõe e leciona no Berklee College Of Music em Boston, sendo a mais jovem professora da instituição.
Esteve no Brasil em 2006, acompanhada pelo pianista cubano Roberto Fonseca. Também gravou com a cantora e compositora Ana Carolina, na música Traição.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Joao Bosco

Joao Bosco - Galos de Briga (1976)

link novo: Baixe Aqui

01 - Incompatibilidade de Gênios (João Bosco / Aldir Blanc)
02 - Gol Anulado (João Bosco / Aldir Blanc)
03 - O Cavaleiro e os Moinhos (João Bosco / Aldir Blanc)
04 - Rumbando (João Bosco / Aldir Blanc)
05 - Vida Noturna (João Bosco / Aldir Blanc)
06 - O Ronco da Cuíca (João Bosco / Aldir Blanc)
07 - Miss Sueter (João Bosco / Aldir Blanc) com ANGELA MARIA
08 - Latin Lover (João Bosco / Aldir Blanc)
09 - Galos de Briga (João Bosco / Aldir Blanc)
10 - Feminismo no Estácio (João Bosco / Aldir Blanc)
11 - Transversal do Tempo (João Bosco / Aldir Blanc) com TOOTS THIELEMANS
12 - Rancho da Goiabada (João Bosco / Aldir Blanc)
.
Claro que não poderia faltar João Bosco, esse é um dos artistas que eu mais adoro.
Gênio maior!!!

.
Galos de Briga (1976), álbum produzido por João Bosco, com sambas, boleros, baladas misteriosas e melodias muito boas. Letras de Aldir Blanc que são todas sobre o modo de vida no Rio de Janeiro, com cenas surrealistas de futebol, relações caseiras entre marido e mulher, favela, etc... Há também um monte de contribuição dos lendários Luiz Eça, Dino 7 cordas, Chico Batera , Radames Gnattali, Paschoal Meirelles e muitos outros.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

A Voz do Volão

Paulinho Nogueira - A Voz do Violão (1959)
.
01 A voz do violão (Francisco Alves e Horacio Campos)
02 Flamingo (Grouya)
03 Luar do sertão (Catullo da Paixão Cearense)
04 Agora é cinzas (Bide e Marçal)
05 Casinha pequenina (D.P.)
06 I love Paris (Cole Porter)
07 Na Baixa do Sapateiro (Ary Barroso)
08 Malagueña (Ernesto Lecuona)
09 All the things you are (Hammerstein II e Kern)
10 O orvalho vem caindo (Noel Rosa e Kid Pepe)
11 Índia (J. A. Flores e M. O. Guerrero)
12 Abismo de rosas (Canhoto e João do Sul)
.
Esse é o primeiro disco do Professor, excelente!

Paulinho Nogueira

Para começar bem esse especial de 1 Ano de blog, tem que começar com um Professor de música Brasileira, um Professor que além de aulas de violão da show!
.

Falo do querido Professor Paulo Artur Mendes Pupo Nogueira ou só Paulinho Nogueira.
Músico compositor, cantor, violonista e inventor da Craviola.

Assim trouxe o disco A Nova Bossa É Violão (1963)

Baixe Aqui
.
1 Bossa Na Praia Paulinho Nogueira (Pery Ribeiro & Geraldo Cunha)
2 Moça Da Chuva Paulinho Nogueira (Paulinho Nogueira & Geraldo Cunha)
3 Menina Flor Paulinho Nogueira (Luis Bonfá & Maria Helena Toledo)
4 Marcha Da 4a. Feira De Cinzas Paulinho Nogueira (Carlos Lyra & Vinicius de Moraes)
5 Pombinha Da Paz Paulinho Nogueira (Paulinho Nogueira)
6 Rio Paulinho Nogueira (Roberto Menescal & Ronaldo Boscoli)
7 Mas Que Nada Paulinho Nogueira (Jorge Ben)
8 Historinha Paulinho Nogueira (Paulinho Nogueira & Rita Moreira)
9 Ah! Se Eu Pudesse Paulinho Nogueira (Roberto Menescal & Ronaldo Boscoli)
10 Tempinho Bom Paulinho Nogueira (Celso Mendes)
11 Marcha Do Amor Sem Esperança Paulinho Nogueira (Walter Santos & Carlos Paraná)
12 Branca De Neve Paulinho Nogueira (Billy Blanco)

Nada será como antes...

E hoje o Nada será como antes... completa 1 ano, por esse motivo trarei alguns discos especiais e uns das primeiras postagens quando o blog começou, e por me faltar tempo para fazer algo realmente legal pra gente vou levando as postagens até domingo, então deixo um forte abraço com muito carinho a todas as amizades minha e do blog e um muitíssimo obrigado por toda a atenção que recebo aqui, e um viva a nossa música popular Brasileira a nossos maravilhosos artistas que só fazem por engrandecer esse nosso Brasil.

logo mais...


domingo, 22 de agosto de 2010

Dulce Nunes

(Baden Powell e Dulce Nunes - Tristeza Solidão)

video

Dulce Nunes
Dulce Pinto Bressane

Compositora. Cantora. Produtora musical.

Iniciou sua carreira como atriz, nos anos 1950, estrelando os filmes "Estrela da manhã", do diretor Jonald de Oliveira, e "O noivo da minha mulher", esse último uma produção italiana.

Foi casada com o pianista Bené Nunes, de 1956 a 1965. Eram constantes as reuniões realizadas em sua casa, onde recebia os compositores e intérpretes da bossa nova.

Participou do musical "Pobre menina rica", de Carlos Lyra e Vinicius de Moraes, gravando a trilha sonora original, lançada em disco, em 1964, com Carlos Lyra, Moacir Santos e Telma Soares, e com arranjos de Radamés Gnatalli. Em 1965, após separar-se de Bené Nunes, começou a cantar em público, participando de shows com Baden Powell e apresentando-se em televisão e teatros. Nesse mesmo ano, participou do Festival Nacional de Música Popular Brasileira (TV Excelsior), classificando-se entre as 10 finalistas com sua composição "O jangadeiro" (c/ João do Vale), interpretada pelo cantor Catulo de Paula.

Em 1966, lançou o LP "Dulce" (Forma), interpretando composições de Antonio Carlos Jobim, Carlos Lyra, Vinicius de Moraes, Baden Powell e Ruy Guerra. Foi acompanhada, nessa gravação, por Baden Powell e o quarteto de cordas de Peter Daulsberg, com arranjos de Guerra Peixe. Por esse disco recebeu, no Teatro Municipal, o prêmio "Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro", promovido pelo "Correio da Manhã", como a Melhor Cantora do ano. O LP foi considerado, em citação de Silvio Tulio Cardoso, do jornal "O Globo", como um dos melhores discos do ano. Em 1967, participou, como cantora e compositora, do II Festival Internacional da Canção (Rede Globo), com a música "O amanhecer" (c/ Ruy Guerra).

Em 1968, gravou o LP "O samba do escritor", registrando composições próprias, em parceria com vários escritores. O disco contou com a participação de Nara Leão, Edu Lobo, Gracinha Leporace, Joyce e o conjunto vocal Momento Quatro, além de arranjos de Luiz Eça, Oscar Castro Neves e o lançamento de Egberto Gismonti, como arranjador e instrumentista.

Discografia
(1968) O samba do escritor
(1966) Dulce
(1964) Pobre menina rica - trilha sonora original •

(fonte: Dicionário Cravo Albin)

sábado, 21 de agosto de 2010

Dulce Nunes

Dulce Nunes - Samba do Escritor (1968) Baixe Aqui
.
01 - Canção do Dia de Sempre
(Dulce Nunes / Mário Quintana)
com Momento Quatro
02 - Lamento de Glória
(Dulce Nunes / Jorge Amado)
03 - Domingo
(Dulce Nunes / Mário Quintana)
com Edu Lobo / Momento Quatro
04 - Adamúbies
(Dulce Nunes / Guimarães Rosa)
05 - Mal de Amor
(Dulce Nunes / Vinicius de Moraes)
com Nara Leão
06 - Amor de Tempo Nenhum
(Dulce Nunes / Antônio Callado)
07 - Ou Ou
(Dulce Nunes / Guimarães Rosa)
08 - Deixa o Mundo Girar
(Dulce Nunes / Millôr Fernandes)
com Momento Quatro / Joyce
09 - Eu Te Dou Meu Coração
(Dulce Nunes / Paulo Mendes Campos)
com Gracinha Leporace
10 - O Aloprado
(Dulce Nunes / Guimarães Rosa)
com Momento Quatro
11 - Legado
(Dulce Nunes / Carlos Drummond de Andrade)
12 - Samba do Escritor
(Dulce Nunes / Millôr Fernandes)
.
O disco conta com todas as 12 canções compostas por Dulce em parceria com os renomados poetas e escritores Brasileiros da época, tais como: Jorge Amado, Mario Quintana, Guimarães Rosa, entre outros. Além disso, o Samba do Escritor conta com a participação do Momento Quatro, Edu Lobo, Nara Leão, Joyce, Leporato Gracinha e também Egberto Gismonti como arranjador.
(fonte: Loronix)

Edu Lobo

Eduardo Lobo em Bossa Nova (1963) Baixe Aqui
.
01 - Alguem sob Medida
02 - Saudade so pra Mim
03 - Balancinho
04 - Amor de Ilusao
.
Apenas sei que é um disco raro e o desconhecia também, ainda não baixei pra mim, mas empolgado que fiquei já fiz o post. Logo mais...

Edu Lobo

Eduardo de Góis Lobo
(Rio de Janeiro, 29 de agosto de 1943)
É um cantor, compositor, arranjador e instrumentista Brasileiro.
.
Filho do compositor Fernando Lobo, começou na música tocando acordeão, mas acabou se interessando pelo violão, contra a vontade do pai. Iniciou a carreira nos anos 60 fortemente influenciado pela Bossa Nova, quando então numa parceria com Vinicius de Moraes, compôs "Só Me Fez Bem". Porém, com o decorrer do tempo adotou uma postura mais político-social, refletindo os anseios da geração reprimida pela ditadura militar. Nesta fase surgiu uma parceria com Ruy Guerra e as composições engajadas Canção da Terra, Reza e Aleluia.
.
Ao mesmo tempo em que participava de vários festivais de música popular, obtendo o primeiro prêmio em 1965 como Arrastão (com Vinicius de Moraes) e em 1967 com Ponteio (com Capinam), Edu dedica-se a compor trilhas para espetáculos teatrais, entre eles o histórico Arena Conta Zumbi, ao lado de Gianfrancesco Guarnieri.
.
A Música de Edu Lobo por Edu Lobo
.
01 - Borandá (Edu Lobo)
02 - Resolução (Edu Lobo / Luis Fernando Freire)
03 - As Mesmas Histórias (Edu Lobo)
04 - Aleluia (Edu Lobo / Ruy Guerra)
05 - Canção da Terra (Edu Lobo / Ruy Guerra)
06 - Zambi (Edu Lobo / Vinicius de Moraes)
07 - Reza (Edu Lobo / Ruy Guerra)
08 - Arrastão (Edu Lobo / Vinicius de Moraes)
09 - Réquiem Para Um Amor (Edu Lobo / Ruy Guerra)
10 - Chegança (Edu Lobo / Oduvaldo Viana Filho)
11 - Canção do Amanhecer (Edu Lobo / Vinicius de Moraes)
12 - Em Tempo de Adeus (Edu Lobo / Ruy Guerra)
.
A Música de Edu Lobo Por Edu Lobo com a participacao do Tamba Trio (1965), de Elenco. Um encarte detalhado escrito por Aloysio de Oliveira define este conjunto, que é Edu Lobo LP de estréia. Tamba Trio oferece acompanhamento e alguns backing vocals com Luiz Eça.

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Edu Lobo - Jogos de Danca

Edu Lobo - Jogos de Danca
Composto para o Ballet Guaira (1982)

.
Antonio Adolfo (piano, oberheim)
Luiz Alves (bass)
Paschoal Meirelles (drums)
Chico Batera, Chacal (percussão)
Bidinho (trumpet)
Jose Nogueira (sax alto)
Marcio Montarroyos (trumpet, flugelhorn)
Jose Carlos (sax tenor)
Serginho (trombone)
Leo Gandelman (sax baritone, clarone)
Helio Delmiro (guitarra)
Mauro Senise (sax soprano)
Ze Renato, Mariana Lobo, Bernardo Lobo (vocals)
Jose Roberto Bertrami (oberheim)
.
.
Edu Lobo é responsável por arranjos e regência de todas as faixas, realizada por uma constelação de músicos Brasileiros. Jogos de Dança é o tipo de álbum que traz novas surpresas cada vez que o escuta.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Edu Lobo e Maria Bethânia

Edu e Bethânia
Edu Lobo e Maria Bethânia (1966)
Baixe Aqui
.
1 Upa, neguinho (Gianfrancesco Guarnieri, Edu Lobo)
2 Cirandeiro (Capinan, Edu Lobo)
3 Sinherê (Gianfrancesco Guarnieri, Edu Lobo)
4 Lua nova (Edu Lobo, Torquato Neto)
5 Candeias (Edu Lobo)
6 Borandá (Edu Lobo)
7 Pra dizer adeus (Edu Lobo, Torquato Neto)
8 Veleiro (Edu Lobo, Torquato Neto)
9 Só me fêz bem (Edu Lobo, Vinicius de Moraes)
10 O tempo e o Rio (Capinan, Edu Lobo)

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Nara Leao, Ze Ketti e Joao do Valle

.
Nara Leao, Ze Ketti e Joao do Valle
Show Opiniao (1965)
.
01 - Peba na Pimenta (João do Vale / J. Batista / Rivera)
02 - Pisa na Fulô (João do Vale / E. Pires / Silveira Júnior)
03 - Samba Samba Samba (Zé Keti)
04 - Partido Alto (Tradicional / Rec. Heitor dos Prazeres / Rec. Cartola)
05 - Borandá (Edu Lobo)
06 - Desafio
07 - Missa Agrária (Gianfrancesco Guarnieri / Carlos Lyra)
08 - Carcará (João do Vale / José Cândido)
09 - O Favelado (Zé Keti)
10 - Nega Dina (Zé Keti)
11 - Incelença (Tradicional)
12 - Deus e o Diabo na Terra do Sol (Sergio Ricardo / Glauber Rocha)
13 - Guantanamera (P. Seeger)
14 - Canção do Homem Só (Carlos Lyra / Vinicius de Moraes)
15 - Sina de Caboclo (João do Vale / J. B. de Aquino)
16 - Opinião (Zé Keti)
17 - Malmequer (Cristóvão de Alencar / Newton Teixeira)
18 - Marcha de Rio 40 Graus (Zé Keti)
19 - Malvadeza Durão (Zé Keti)
20 - Esse Mundo É Meu (Sergio Ricardo / Ruy Guerra)
21 - Deus e o Diabo na Terra do Sol (Sergio Ricardo / Glauber Rocha)
22 - Marcha da Quarta-feira de Cinzas (Carlos Lyra / Vinicius de Moraes)
23 - Tiradentes (Ari Toledo / Francisco de Assis)
24 - Cicatriz (Zé Keti / Hermínio Bello de Carvalho)
.
Este é outro antologico show Brasileiro da década de 60, considerado por muitos um dos mais importantes. Realizado em 1965, Show Opinião foi a público durante o primeiro ano da ditadura militar e foi por Nara Leão junto com Zé Keti e João do Vale, talvez uma das manifestações mais importantes contra o novo regime.
(credito: Loronix)

Voltei...

Voltei, ainda hoje novidades aguardem!
.
Nada será como antes...
.